Sistemas para empresas: veja como funcionam, quais os principais e sua importância para os negócios!

imagem de duas pessoas sentadas usando computadores

O avanço da tecnologia e o investimento constante em inovações têm impulsionado cada vez mais a aderência de sistemas para empresas.

Também chamados de sistemas corporativos, esses programas são fundamentais para modernizar qualquer negócio e prepará-lo para um mercado cada vez mais exigente.

Afinal, a implementação desses softwares oferece vários benefícios, que não só otimizam os processos da empresa, como também melhoram sua relação com os clientes.

Para te ajudar a entender a importância e o funcionamento desses sistemas, neste artigo explicaremos os seguintes pontos:

Boa leitura!

banner como funciona o software de ponto mais completo

Tecnologia e a revolução de processos operacionais das empresas

O avanço da tecnologia e a popularização do acesso à internet transformou as relações de consumo e criou consumidores cada vez mais informados e exigentes quanto à produtos e serviços. 

Para se adaptar a esse novo cenário, as empresas precisam passar por um processo de transformação digital e convergência tecnológica para se estabelecer no mercado, se tornar mais competitiva e maximizar seu lucro. 

Para isso, as organizações devem reformular processos internos, adotar novas formas de se comunicar e implementar sistemas para empresas mais avançados. 

Assim, elas conseguem modernizar seus processos operacionais, reduzir custos, diminuir a burocracia e conquistar mais clientes.

Qual a importância dos sistemas para empresas?

imagem de um homem sentado digitando em um computador

A adoção de sistemas corporativos é uma das etapas mais importantes para a transformação digital de um negócio. 

Afinal, esses softwares permitem que líderes, gestores e equipes consigam integrar dados e sistematizar processos. 

Assim, planejar, organizar e executar suas atividades de forma coordenada e eficiente fica muito mais fácil.

Embora o uso desses sistemas não possa ser considerado uma fórmula mágica para o sucesso, seus benefícios garantem a redução da burocracia, de custos e processos internos. 

Além disso, eles tornam colaboradores e equipes mais autônomos, ágeis e produtivos. 

Por fim, os sistemas para empresa têm a vantagem de serem compatíveis com diversos modelos de negócio, independente do porte ou nicho de atuação. 

Dessa forma, todos têm a oportunidade de crescer, melhorar seu desempenho e aumentar sua competitividade no mercado.

Como os sistemas para empresas funcionam na prática?

Na prática, os sistemas de empresa funcionam como um programa de gestão inteligente, que integram e centralizam dados, processos e operações num mesmo sistema. 

Eles também permitem a automação de atividades, bem como o monitoramento e o controle preciso das operações, mesmo que elas sejam simples ou complexas.

Assim, gestores e líderes conseguem ter uma visão mais ampla da situação organizacional, facilitando a elaboração de estratégias mais assertivas para o desenvolvimento do negócio.

Quais os sistemas corporativos mais utilizados?

Existem vários tipos de sistemas que podem ser adotados para facilitar a gestão e a organização das empresas. 

Conheça os mais utilizados abaixo:

ERP

O sistema ERP, também chamado de “Enterprise Resource Planning”, se refere ao “Sistema de Gestão Empresarial”. 

Basicamente, ele é utilizado para digitalizar, integrar e centralizar a gestão de todos os setores da empresa, contribuindo para a melhoria da capacidade de gestão do negócio.

Isso é possível porque ele permite a criação de uma base de dados operacionais capaz de sincronizar informações de várias áreas no mesmo sistema. 

Assim, a empresa reduz custos, otimiza processos, evita a perda de informações e o retrabalho.

Graças a essas funcionalidades, os diferentes tipos de softwares de ERP facilitam a identificação de falhas de gerenciamento, o controle das movimentações financeiras, o monitoramento de estoque e a gestão das equipes.

CRM

CRM também é uma sigla em inglês utilizada para se referir ao sistema conhecido como “Customer Relationship Management”, que pode ser traduzido como Gestão de Relacionamento com o Cliente. 

Como o próprio nome indica, o sistema CRM se refere ao uso de um software desenvolvido para facilitar o gerenciamento de operações relacionados ao atendimento ao cliente.

Além desse programa, o sistema CRM também reúne o conjunto de ações e estratégias necessárias para facilitar a conexão entre a empresa e os consumidores. 

Para isso, a organização utiliza o software para coletar e organizar os dados de seus clientes numa central, facilitando a análise e o processamento de informações. 

Dessa forma, a empresa consegue traçar estratégias para melhorar a jornada do cliente, o processo de pós-venda, a experiência do consumidor, entre outras métricas.

Sistema para gestão de projetos

O sistema de gestão de projetos é um tipo de software utilizado para facilitar o planejamento e a coordenação de todas as tarefas necessárias para a execução do trabalho.

Isso é possível porque o programa permite que os projetos sejam estruturados em etapas, incluindo informações sobre os colaboradores responsáveis por cada fase, os custos, os riscos, as partes interessadas, entre outros dados. 

Além disso, esse tipo de sistema permite o monitoramento da execução de cada etapa, a integração de processos, a comunicação entre os membros da equipe, a identificação de falhas e o entendimento do escopo do projeto.

Por isso, a empresa que investe nesse tipo de sistema consegue melhorar a organização de suas atividades, aumentar sua produtividade e ganhar competitividade no mercado.

Sistema para gestão de pessoas

imagem de uma mulher apontando para a tela de um computador

O sistema de gestão de pessoas é utilizado para facilitar e melhorar a coordenação dos colaboradores da empresa. 

Para isso, o software permite a coleta, integração, processamento e análise de dados relacionados ao controle de ponto, avaliação de desempenho, processo de admissão de colaboradores, documentação, entre outros.

Dessa forma, esse tipo de software permite o gerenciamento estratégico do capital humano da organização, reduzindo a sobrecarga de trabalho dos profissionais de RH.

Sistema para gestão de finanças

Como o próprio nome indica, o sistema de gestão financeira é um software que organiza e centraliza todas as operações e informações relacionados ao setor financeiro da empresa.

Com o auxílio dessa plataforma, o departamento financeiro consegue otimizar sua rotina, facilitando a gestão e monitoramento do faturamento, despesas, fluxo de caixa, vendas, entre outras operações no mesmo sistema.

Além disso, esse tipo de software pode ser utilizado para produzir relatórios completos e ainda pode ser integrado com o sistema de gestão de RH, facilitando o cálculo da folha de pagamento dos funcionários.

Dessa forma, o gestor aumenta seu controle sobre o orçamento da empresa, monitora a situação financeira em tempo real e obtém informações consistentes para tomar decisões mais assertivas que vão impactar o futuro do negócio.

Sistemas para armazenamento em nuvem

O avanço da tecnologia também contribuiu para o aumento do volume de dados coletados e armazenados por uma empresa. 

Para facilitar o armazenamento, o acesso e a organização dessas informações, cada vez mais empresas têm adotado o chamado sistema para armazenamento em nuvem. 

Basicamente, esse sistema é um software que permite o armazenamento e o compartilhamento de documentos e informações de forma virtual. É como se fosse um grande HD externo, mas que pode ser acessado através da internet.

Outro diferencial desse tipo de sistema é que ele pode ser acessado e modificado em tempo real a qualquer hora e em qualquer lugar do mundo. 

Para isso, basta instalar o software no smartphone, tablet ou computador. Dessa forma, o sistema de armazenamento em nuvem dispensa o investimento em infraestrutura para coleta e armazenamento de dados, o que reduz os custos operacionais da empresa. 

Além disso, a adoção desse tipo de sistema facilita o acesso a essas informações de modo remoto, facilitando o regime de trabalho híbrido e home office.

Quais as vantagens dos sistemas para empresas?

As empresas que investem na implementação de sistemas corporativos são beneficiadas de várias formas. 

Confira abaixo alguns desses benefícios:

Otimização de processo

A implementação de sistemas para empresas facilita a comunicação interna e a coordenação de projetos entre setores e colaboradores. Assim, ela facilita a redução da burocracia e facilita a execução de processos, que se tornam mais ágeis e assertivos.

Redução de custo

O uso de tecnologias também melhora as estratégias de negócio elaboradas pela organização, que passa a tomar decisões baseada em relatórios e indicadores mais precisos. 

Esses sistemas de empresa ainda diminuem o retrabalho, facilitam a identificação e correção de falhas e melhoram a organização e o fluxo de trabalho. Como consequência, a empresa consegue reduzir custos e otimizar seu orçamento.

Segurança de informações

O uso de sistemas corporativos também aumenta a segurança de informação da empresa. Graças ao uso de diversas tecnologias, como a criptografia de dados, esses sistemas permitem a coleta e o uso seguro das informações institucionais. 

Além disso, bons sistemas de empresa oferecem a possibilidade de backup e contam com mecanismos eficazes para evitar que criminosos extraviem e furtem essas informações. 

Dessa forma, os sistemas para empresas torna não só a organização mais segura, como também aumenta a segurança de dados dos seus clientes e parceiros.

Qual a melhor forma de escolher um sistema para empresa?

Agora que você já entendeu a importância e a aplicação dos sistemas para empresas, está na hora de aprender como escolher os melhores softwares para o seu negócio. 

Para isso, basta seguir as dicas abaixo:

  • Confira os recursos oferecidos por cada sistema: escolha softwares que oferecem boas ferramentas de uso, integrações com outros sistemas e aplicativos, atualizações constantes e que sejam fáceis de usar e de instalar;
  • Identifique as necessidades da empresa: estude a estrutura da organização para entender suas necessidades e busque um software que seja compatível com as demandas do negócio;
  • Veja se ela oferece escalabilidade: se o seu objetivo é expandir sua empresa, então precisa adotar sistemas capazes de acompanhar esse crescimento;
  • Verifique se ele faz atualizações em tempo real: isso facilita o controle e monitoramento de processos realizados por diferentes setores da empresa;
  • Confira a qualidade suporte oferecido: além de um bom atendimento ao cliente, o ideal é que o sistema ofereça suporte 24 horas, 7 dias por semana, para que a empresa consiga resolver problemas técnicos ou tirar dúvidas sempre que necessário;
  • Observe as recomendações e resenhas de usuários: prefira softwares que apresentem um bom histórico de uso e que sejam recomendados por empresas e especialistas.

Conclusão

imagem de uma mulher mexendo em um computador

A adoção de sistemas corporativos é fundamental para que empresas de diferentes portes e nichos de atuação consigam reduzir custos, aumentar a produtividade, melhorar a segurança e otimizar processos. 

Por isso, esses softwares são considerados ferramentas indispensáveis para empresários que desejam expandir seu negócio e se consolidar no mercado. 

Basta escolher os sistemas compatíveis com a organização e aproveitar seus benefícios.

Gostou do conteúdo? Confira outros artigos sobre gestão empresarial no Blog da PontoTel!

banner como funciona o software de ponto mais completo
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima