O que sua empresa precisa saber sobre o eSocial?

Projeto visa acabar com a burocracia nas obrigações fiscais e deve entrar em vigor no começo 2018.

Em 2014, o Governo Federal anunciou a criação de um sistema que unificaria todas as informações referente aos trabalhadores em um só lugar. Desde então foram surgindo diversas atualizações sobre o tal sistema e sua funcionalidade. Mas afinal o que é o eSocial e qual o impacto para sua empresa?

O eSocial é um projeto que visa padronizar o envio de dados e informações tributárias, previdenciárias e trabalhistas de uma organização para os órgãos públicos competentes. Ou seja, por meio dessa ferramenta o RH transmitirá  CAGEG, DIRF, RAIS, bem como os dados cadastrais dos empregados, todos para um único lugar.

A intenção é deixar o processo mais simples para o empregador e facilitar o gerenciamento dos dados enviados, para uma fiscalização eficiente por parte do governo garantindo assim os direitos dos empregados.

O projeto envolve a Receita Federal, o Ministério do Trabalho, o INSS e a Caixa Econômica Federal e tem previsão de início em janeiro de 2018. De acordo com o cronograma divulgado pelo governo, empresas que possuem o faturamento acima de R$78 milhões no ano de 2016, devem começar a usar o sistema a partir do dia 1° de janeiro de 2018. As demais empresas deverão adotar o eSocial até o segundo semestre do mesmo ano.

Sua empresa está preparada para isso? Você sabe o que é necessário para começar a implantação do eSocial ?

O eSocial vai exigir a realização de mudanças e adaptações em vários segmentos da empresa, principalmente no setor de recursos humanos.

O RH é diretamente responsável pelos empregados, ele está praticamente envolvido em toda trajetória dos funcionários na organização, seja por meio da contratação, treinamento, desenvolvimento, pagamentos, desligamentos entre outros. Com a implantação do eSocial todos esses processos serão afetados.

As empresas precisarão enviar e manter o sistema sempre atualizado. As informações assim que enviadas serão analisadas, por meio de mecanismos eficientes para verificar se os dados estão corretos e enviados conforme as regras.

Situações não permitidas em lei, mas que com a correria do dia a dia acabam sendo realizadas como: cadastro retroativo de colaborador, fracionamento irregular das férias, descumprimento de prazos com a entrega dos documentos, laudos de medicina e segurança do trabalho. Entrando em vigor o eSocial, essas irregularidades serão imediatamente corrigidas, caso contrário as empresas poderão sofrer sérias consequências. Parte do projeto do governo é acabar com toda e qualquer irregularidade por parte de empregadores.

O desafio para as empresas é grande, por isso é muito importante que a área de recursos humanos automatize processos e procure soluções compatíveis para os desafios da gestão de pessoas.

Quais as vantagens e desvantagens para sua empresa?

Todo sistema possui vantagens e desvantagens, com o eSocial não será diferente.

Vantagens

  • Redução da burocracia;
  • Racionalização dos processos;
  • Melhor organização de informações sobre empregados;
  • Redução de obrigações ao longo da implementação;
  • Melhor automação nos processos;
  • Transparência e segurança jurídica;
  • Melhoria na gestão organizacional.

Desvantagens

  • Gastos com implantação e sistemas;
  • Fiscalização de todos os dados da empresa;
  • Revisão de processos internos;
  • Impossibilidade de erros pois podem causar multas;
  • Fiscalização eletrônica.

Sistemas que podem ajudar sua empresa a se preparar para o eSocial

Para especialistas em gestão de pessoas o eSocial é uma forma de desburocratizar as tarefas do setor de recursos humanos. As tecnologias estão auxiliando na modernização do mercado de trabalho, hoje as tarefas que eram desenvolvidas manualmente como o controle da jornada do empregado por meio de folhas de cartão de ponto, podem ser facilmente registradas por meio de aplicativos como o do PontoTel.

Sistemas de controle de ponto eletrônico alternativos como do PontoTel é uma boa opção para as empresas que estão se preparando para o eSocial. O projeto do governo busca realizar uma fiscalização mais eficaz sobre as informações que são enviadas, nesse caso controle de pontos manuais ou mecânicos serão cada vez mais obsoletos pois todas as informações agora precisarão estar no formato eletrônico.

 

Por Cheron Moura

Deixe uma resposta