Confira os principais modelos de currículo do mercado, o que deve conter e veja dicas de como montar o seu!

imagem de uma pessoa segurando uma prancheta com papeis

Uma das primeiras coisas – se não a primeira – que vem à cabeça assim que pretendemos iniciar nossas atividades profissionais é: “preciso fazer meu currículo”.

E apesar de ser uma ação corriqueira na vida de qualquer profissional, elaborar um currículo ideal exige conhecimento e estratégia. Afinal, qual modelo devo seguir? Todos os formatos são iguais? Existe um que funcione melhor para meus objetivos profissionais?

Neste artigo, responderemos todas a essas questões, com dicas sobre boas práticas e o que é preciso evitar na hora de construir um modelo de currículo para empresa que seja capaz de cumprir o objetivo de ser atraente para o recrutador e que resulte em contratação.

Você vai ler e entender sobre:

banner chega de utilizar mais de um sistema para fechamento

O que é um currículo?

imagem de um homem e uma mulher sentados conversando e segurando um papel

Um currículo é um documento que conta todos os passos de uma vida profissional. Nele serão especificadas todas as partes mais importantes da trajetória de um profissional, como estudos, conhecimentos, competências e experiências de trabalho que sejam capazes de explicar quem é aquele candidato.

A palavra vem do latim curriculum vitae e tem como significado “carreira e vida”. Sua abreviação “CV” é ainda bastante utilizada quando se fala no assunto.

Em alguns países como nos Estados Unidos, o currículo se chama de “résumé”. Na tradução para o português, significa “colocar em poucas palavras”.

Qual a importância de um currículo?

Há vários motivos pelos quais se faz importante ter um currículo bem construído e atualizado. Afinal, ele é uma das ferramentas mais importantes na hora de buscar por uma posição no mercado de trabalho e é o primeiro contato da relação entre o candidato e o recrutador.

É por meio do CV que o candidato mostra pela primeira vez quem ele é e quais são seus objetivos. Um currículo é capaz de definir o sucesso ou o fracasso de uma busca por emprego já que, ao realizar uma análise do documento, o recrutador pode optar por seguir ou não com o candidato naquele processo de seleção.

Para que um currículo seja eficaz e cumpra a missão de apresentar de maneira correta um profissional, ele deve ser montado de uma maneira que valorize os pontos fortes do candidato e, por isso, é muito importante escolher um modelo que esteja alinhado a seus objetivos.

A seguir, explicaremos os modelos de currículo que existem e em quais situações eles se encaixam melhor e trarão mais resultados.

Quais são os principais modelos de currículo?

Há vários modelos de currículos disponíveis e consolidados no mercado de trabalho. Cada um atende a demandas específicas de recrutamento e seleção e beneficiam determinados perfis de candidatos.

Lembre-se: o currículo é uma narrativa sobre sua trajetória e sobre objetivos de carreira. Por isso, um candidato em início de carreira precisará de uma determinada estratégia para apresentar seus pontos fortes, já aquele que está há mais tempo em atividade precisará de outra.

Por sua vez, profissionais que se ausentaram por algum período do mercado de trabalho terão de lançar mão de outros modelos de currículo e estratégias que ressignifiquem estes intervalos em sua trajetória, valorizando-a.

Sendo assim, o currículo ideal que contemple o que há de melhor em cada perfil de profissional pode ser feito no modelo cronológico, misto, lattes, online, em vídeo etc.

Currículo Cronológico

Este é o formato mais comum de se encontrar. O currículo cronológico é aquele documento que conta as experiências profissionais de um candidato organizando-as em uma linha do tempo. São especificadas as datas de começo e fim de cada experiência e pretende-se valorizar a evolução do profissional em determinado cargo.

O estilo cronológico é ideal, por exemplo, para candidatos que tenham começado em vagas de estágio em uma empresa e, depois de alguns anos, conseguiram chegar a um cargo de gerência.

Este padrão de currículo segue normalmente uma estrutura básica de: dados pessoais, objetivos, experiências profissionais, cursos e idiomas.

Currículo funcional ou temático

Um currículo funcional ou temático é um currículo montado com muita estratégia. Ao dividir as experiências em blocos ou em temas, o candidato consegue ressaltar aspectos interessantes e pontuais para alcançar determinada vaga.

É um modelo de currículo que favorece profissionais recém-formados, com pouca experiência no mercado e aqueles que passaram por longos períodos de desemprego.

Este tipo de documento pode, ainda, auxiliar aqueles que estão passando pela transição de carreira, pois, em sua estrutura, é possível ressaltar aspectos e competências da profissão anterior que se mostrem interessantes para a área em que se deseja atuar futuramente.

A estrutura de um currículo funcional ou temático segue a sequência de: dados pessoais, objetivos, formação acadêmica, idiomas, experiência profissional com descrição das funções exercidas e competências adquiridas com cada uma delas.

Currículo misto

Como o próprio nome diz, é um padrão de currículo que mistura aspectos estruturais dos modelos de currículo cronológicos com os dos funcionais e temáticos. Nele, o candidato também coloca suas experiências em ordem cronológica e pode explorar cada uma delas.

O currículo misto busca valorizar cada experiência e destrinchar com mais afinco como ela foi capaz de contribuir para uma trajetória profissional. Ao montar este documento, o candidato pode inovar no design, na disposição das palavras e ainda usar recursos que destacam informações chaves.

É o modelo mais complexo e também o mais completo dentre todos os que existem e é a modalidade ideal para profissionais que já ocuparam posições de destaque e que pretendem trabalhar ou trabalham em ambientes mais criativos.

Currículo Lattes

Se dá o nome de “Currículo Lattes” a todos aqueles documentos que estão inseridos na Plataforma Lattes, um sistema virtual criado e mantido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) do governo federal brasileiro.

Ele se tornou um padrão de currículo nacional para que estudantes e pesquisadores registrem e compartilhem suas experiências. O Currículo Lattes é indicado e obrigatório para qualquer pessoa que deseja trabalhar na vida acadêmica com pesquisas, em universidades ou submeter seus projetos a instituições de fomento.

Currículo online

O currículo online pode ser uma opção prática e bastante organizada para quem está na busca de emprego. Ele é geralmente disponibilizado por sites de vagas e, para construí-lo, é bem simples: basta preencher as lacunas de acordo com o que o site pede e, depois, a formatação do documento é automática.

Seu conteúdo costuma ser bem objetivo e, depois de feito, é só usá-lo para se candidatar a posições oferecidas pelo próprio site!

Vídeo Currículo

Esse modelo tem sido usado de maneira complementar, mas há empresas inovadoras que têm usado o currículo de vídeo como a porta de entrada em um processo de seleção.

Um currículo nestes moldes funciona da seguinte maneira: em um vídeo rápido, o candidato deve contar a sua trajetória de maneira clara e objetiva. O recrutador consegue então avaliar de forma mais fácil suas habilidades interpessoais, seu poder de comunicação e também a capacidade de se adaptar a um mercado de trabalho que passa por constante digitalização.

Como escolher entre os modelos de currículo?

imagem de uma mulher sentada na frente de um computador escrevendo em um caderno

Para escolher entre os modelos de currículo ideal, é importante combinar dois fatores: o perfil do candidato e as necessidades da vaga almejada. Por isso, é muito importante que o candidato se conheça profundamente e também realize uma pesquisa bem detalhada sobre a posição em questão.

Por exemplo, se o candidato tem um histórico profissional que contabiliza experiências curtas, mas pretende atuar em uma organização que preza pela estabilidade, ele pode optar pelo currículo funcional e temático, já que este modelo ressalta o conhecimento adquirido em cada uma destas etapas e não a duração dela.

De qualquer forma, seja qual for o modelo escolhido, é imprescindível que a montagem do documento seja feita de maneira ética, organizada e capaz de colocar o candidato à frente em uma disputa por vaga.

O que é importante conter em um currículo?

Em um currículo, além das experiências que transmitam informações sobre a trajetória dentro de empresas e organizações pelas quais o profissional passou, é importante conter:

Dados pessoais

Nome, endereço, telefone e e-mail são essenciais para esta seção. Se a vaga pedir, poderá constar também informações sobre sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Informações como estado civil já não são mais necessárias.

Objetivo      

Principalmente quando se opta por modelos de currículos cronológicos, é importante que o candidato se dedique a deixar claro qual é seu objetivo profissional no currículo. Em um texto bem breve, de uma ou duas linhas, é preciso informar a área de atuação e expectativas de carreira.

Qualificações e Habilidades

Há qualificações que podem dar destaque e habilidades que são essenciais para qualquer candidato. Portanto, neste tópico de um currículo, é importante escolher cursos que tenham feito diferença em sua carreira e, além de destacar as hard skills e soft skills, registrar as competências sociais como, por exemplo, proatividade, empatia, boa comunicação, gerenciamento do tempo, resiliência etc.

Formação Acadêmica

De forma sucinta, esta é a seção para colocar informações sobre a educação formal de um candidato. Nome da instituição de ensino, curso, data de início e término, e especificação se a formação é de primeiro grau, tecnólogo, bacharel, licenciatura ou pós-graduação são os tópicos fundamentais desta parte.

Idiomas

Um segundo ou um terceiro idioma são sempre bastante valorizados pelo mercado, sendo até essencial para algumas vagas. Por isso, é importante citar a língua que você sabe falar e qual é seu nível de proficiência.

Atividades Extracurriculares

Voluntariados, experiências dentro da escola ou faculdade, atividades esportivas ou artísticas de destaque, intercâmbio, todas essas atividades são bem-vindas e contribuem para a elaboração de um currículo ideal!

Dicas essenciais para elaboração do seu currículo

Na hora de montar o currículo, separamos algumas dicas rápidas e que ajudam muito nesta elaboração e que vão evitar erros bastante comuns:

Não crie currículos muito extensos

Há recrutadores no mercado que afirmam que são capazes de avaliar um currículo em menos de 30 segundos. Isso mesmo! Por isso, o ideal é reunir e organizar tudo que é importante em sua trajetória profissional em uma ou, no máximo, duas páginas.

Revise com cuidado seu currículo

Esteja bem atento à formatação, a erros de digitação e de gramática e assegure que tudo está exposto da melhor maneira possível!

Seja objetivo

Conte as suas experiências de forma clara e direta, sem rodeios. É importante que o recrutador “bata o olho” e já entenda o que você está querendo contar sobre você mesmo.

Evite erros de português

Esteja atento às regras gramaticais, leia e releia os textos que você escreveu sobre as suas experiências profissionais várias vezes. Se possível, peça para alguém revisar o seu currículo – é comum que possíveis erros sejam encontrados mais facilmente por quem não redigiu o documento.

Não mencione pretensões salariais

Não é recomendado que este tipo de informação esteja no seu currículo, a não ser que a empresa solicite. É mais comum que o assunto sobre pretensão salarial seja abordado nas próximas etapas de um processo seletivo.

Conclusão

imagem de um homem e uma mulher sentados um na frente do outro conversando

Montar um currículo que contemple a trajetória profissional de alguém é um desafio. E fazer isso de forma estratégica, objetiva e eficiente é uma arte.

Neste artigo, você entendeu de onde surgiu o termo “currículo”, quais os principais modelos de currículo, as boas práticas e o que deve se evitar na hora de redigir este documento crucial para o sucesso de quem está em busca de um emprego.

Explicamos também que cada padrão de currículo pode funcionar melhor para determinado tipo de candidato e vaga e, por isso, é sempre importante se atentar àquele que mais atende ao seu momento profissional.

Dica final: é importante, ainda, que um CV seja objetivo, direto, bem organizado e que, ao mesmo tempo, consiga trazer ao recrutador muita informação. Se você gostou deste texto, acesse o blog da PontoTel e confira outros materiais sobre carreira e mercado de trabalho!

banner conheça o aplicativo pontotel
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima