BRAVING: entenda o conceito e veja como ele pode ser benéfico para aumentar a confiança entre os times da sua empresa!

imagem de um grupo de pessoas em pé encostando as mãos no centro

Trabalhar em um lugar onde você não se sente seguro em compartilhar informações com as pessoas e onde a desconfiança faz parte do cotidiano é bem desagradável, não é verdade?

Em um ambiente onde a confiança predomina, fica mais fácil a troca de conhecimentos, a criação e o fortalecimento de vínculos, além de melhorar o clima organizacional da empresa.

Pensando nisso, uma pesquisadora norte-americana criou o conceito de B.R.A.V.I.N.G para ajudar a guiar as empresas no processo de construção de confiança dentro dos seus espaços de trabalho. 

Neste texto, vamos te explicar os principais pontos acerca desse assunto. Confira os tópicos que serão abordados:

Quer conhecer mais sobre esse conceito? Continue a leitura do nosso artigo e descubra como aplicar o BRAVING no seu negócio!

gestao de jornada e redução de custos

O que é BRAVING?

Braving é um conceito criado pela pesquisadora Brené Brown, da universidade de Houston,  para apontar uma série de estratégias que são necessárias para a construção de confiança dentro de uma empresa.   

Em português, a palavra BRAVING significa “encorajado” ou “desafiado”, mas, na verdade, ela também é uma sigla para as 7 palavras que definem os pilares do conceito. Confira o significado de cada uma delas a seguir. 

Qual o significado de cada letra? 

imagem de uma ilustração dos significados das letras de braving

Cada letra do B.R.A.V.I.N.G representa os requisitos que o ambiente de trabalho deve ter para poder estabelecer uma rede de confiança na empresa. Por isso, entender cada um deles é necessário para saber a melhor forma de adotar no seu negócio.

B – Boundaries significa “limites”

Ela estabelece que precisam haver limites em uma relação de confiança entre os colaboradores. Por mais que haja uma boa amizade entre os envolvidos, a postura profissional deve ser mantida e cabe à empresa e aos próprios profissionais deixarem claro quais são os seus limites. 

R – Reability significa “confiabilidade”

Para Brené Brown, a essência de uma boa relação é a confiança. Segundo a pesquisadora, esse requisito se refere à relação de confiança que deve haver entre os colaboradores.

Para exemplificar, quando um líder faz um pedido a um de seus funcionários e se sente seguro de que aquela atividade será cumprida no tempo determinado, demonstra na relação um sinal de confiança.

A – Accountability significa “responsabilidade”

Dentro de um ambiente profissional, a responsabilidade possibilita que os funcionários assumam suas falhas e comportamentos inadequados para, assim, buscar melhorar. Comportamentos responsáveis contribuem para a geração de relações de confiança.

V- Vault significa “cofre”

Diz respeito à guarda dentro do espaço de trabalho, seja sobre guardar uma informação importante, sigilosa ou, simplesmente, não fazer fofocas. 

I – Integrity significa “integridade”

Apesar de haver um conceito amplo sobre o que é integridade, em uma corporação, ela está diretamente ligada às práticas morais e éticas de um funcionário na empresa.  

N – Non-judgment significa “não julgar”

Respeito às diferenças, culturas, gerações e habilidades. Você sabia que 6 em cada 10 brasileiros já sofreram discriminação no trabalho por serem quem são?

Por isso, esse pilar do BRAVING é importante e fala sobre evitar pré-julgamentos e incentivar um espaço com diversidade

N – Generosity significa “generosidade”

A confiança também se constrói por meio de atos de bondade e ela é responsável por afastar o surgimento de um ambiente competitivo. Incentive a gentileza e bons gestos na sua empresa. 

Como surgiu esse novo conceito?

O conceito de Braving foi idealizado e popularizado por Brené Brown, uma professora, pesquisadora, palestrante e escritora norte-americana. Ela ficou conhecida por seus estudos sobre vulnerabilidade, vergonha e liderança. 

Brené relatou em uma apresentação ao TED que começou suas pesquisas sobre confiança após sua filha relatar ter compartilhado algo com duas amigas na escola e elas terem traído sua confiança. 

Para acalmar a filha, Brené usou a seguinte metáfora: 

“A confiança é como uma jarra de mármore. Para cada momento de confiança conquistado, uma bolinha de gude é colocada no pote. Você só compartilha as histórias importantes com amigos que encheram seu pote de mármore.”

A partir desse momento, a professora passou a se perguntar como as pessoas coletavam as suas “bolinhas de gude”.

Com essa inquietação, seguida de muitas pesquisas, ela chegou ao conceito de BRAVING que foi compartilhado e popularizado pelo mundo por meio da sua apresentação no TED

BRAVING: como funciona na prática?

Para fazer o BRAVING funcionar em uma empresa é necessário realizar um plano de boas ações para estimular a confiança entre os colaboradores. 

Por isso, cabe ao time de Recursos Humanos (RH) adotar medidas para a construção de uma cultura de confiabilidade, pois ela não surge da noite para o dia e precisa ser incentivada por meio de uma série de ações internas. 

Esse conjunto de ações podem ser incentivo ao feedback, respeito mútuo, adoção de valores éticos, promoção de eventos que possibilitem a conversa entre os colaboradores, incentivo à segurança psicológica, etc.

Logo em seguida você entenderá com mais detalhes sobre essas ações e como realizá-las.

Como o BRAVING ajuda a aumentar a confiança entre os times?

O objetivo principal do conceito de BRAVING é elevar a confiança entre os profissionais da empresa, confira a seguir como é possível fomentar essa cultura na empresa. 

Incentivo à transparência entre os times 

Incentivar a transparência é mostrar ao time que há um espaço seguro para falar sobre suas inquietações, erros, ideias ou oportunidades. 

Isso acontece construindo uma cultura de feedback, mas também é possível realizar pesquisas internas e estabelecendo canais de comunicação para que todos fiquem por dentro do que está acontecendo em um time, assim o diálogo se torna mais transparente.

Incentivo ao diálogo entre colaboradores

imagem de três homens e duas mulheres sentados conversando

Se você quer fortalecer as relações de confiança entre os colaboradores, é preciso incentivar o diálogo, inclusive aqueles que fogem dos assuntos profissionais. 

Realizar eventos, momentos de socialização e até reunião entre times diferentes podem ser boas opções para fomentar o diálogo e, dessa forma, fortalecer laços. 

Cria uma cultura pautada em confiança e comprometimento

Confiança e comprometimento são duas qualidades em uma relação de colaborador e empresa que precisam andar juntas. Quando um profissional demonstra ser comprometido, a relação de confiança com a gestão e os demais colegas aumenta. 

Portanto, é positivo mostrar ao colaborador que quando ele cumpre com suas atividades, seu trabalho fica mais autônomo e com menos cobranças, já que haverá maior confiança por parte do seu gestor. 

Incentivo à segurança psicológica 

Ter segurança psicológica é sobre estar em um ambiente de trabalho em que as pessoas se sintam confortáveis para opinar, compartilharem suas ideias e serem elas mesmas. 

Para isso, algumas atitudes podem ser tomadas para fomentar um espaço em que haja segurança psicológica, como: 

Para além disso, já existem empresas incentivando a busca por terapia, oferecendo, inclusive, auxílio aos colaboradores. Atitudes como essa demonstram uma preocupação com o bem-estar dos seus colaboradores.

Importância do BRAVING para empresas e colaboradores

Os ideais do BRAVING possibilitam que uma empresa adote comportamentos inovadores com um objetivo comum de melhorar o clima organizacional. Ele ajuda a construir um ambiente em que a confiança se faz presente. 

Em decorrência disso, as relações entre os colaboradores são fortalecidas, o que possibilita um diálogo mais aberto para feedbacks e faz com que os profissionais sintam-se parte da empresa. 

Ademais, o conjunto de valores que permeiam o conceito de BRAVING traz aos profissionais uma maior satisfação com seus empregos e, como consequência, diminui a taxa de turnover do negócio. Só vantagens, não é mesmo? 

Qual o papel do RH na implementação do BRAVING? 

O time de Recursos Humanos (RH) tem um papel crucial para a implementação do BRAVING. Ele é o setor que ficará encarregado de analisar feedbacks, realizar planejamentos, ressaltar os valores da empresa e incentivar a criação de boas relações entre os colaboradores. 

A adoção do BRAVING fortalece a cultura organizacional do negócio, os seus ideais e necessidades. Por esse motivo, é importante que o setor de RH não só implemente como também monitore para que, de fato, um espaço de confiança possa ser construído. 

Conclusão

imagem de três mulheres sorrindo estendendo as mãos no centro

É notório como a implementação do BRAVING só traz benefícios e deixa o ambiente de trabalho mais agradável para todos, não é à toa que o conceito vem sendo aplicado em empresas por todo o mundo.

Vimos até aqui como os pilares do BRAVING beneficiam na construção de confiança, criatividade, autonomia, segurança psicológica e ainda por cima, contribui com a retenção de talentos.

Agora que você já entendeu o que é, como funciona e como aplicar esse conceito, é hora de levar para o seu negócio e perceber na prática como é vantajoso aderir a esse modelo.  

Se você gostou desse assunto e quer ler mais artigos como esse, acesse o blog da PontoTel e confira outros textos. 

banner como resolvemos problemas no controle de jornada
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima