Avaliação 180º: saiba qual o conceito, para que serve, quais as vantagens e como aplicar.

imagem de uma pessoa digitando em um computador

Os grandes gestores de negócio estão sempre em busca de aprimorar os resultados de suas empresas, e uma das maneiras mais conhecidas e utilizadas por esses gestores para atingirem seus objetivos, é por meio da avaliação 180º.

A avaliação 180º também é utilizada para analisar o desempenho dos colaboradores, e quando aplicada de maneira correta, pode servir de grande auxílio no gerenciamento de equipes, ajudando as empresas a atingirem a alta performance, com base nos direcionamentos que tal avaliação pode apontar.

O setor de Recursos Humanos utiliza a avaliação 180º como uma ferramenta aliada de suas práticas do dia a dia, isso porque, a partir dessa avaliação é possível planejar melhor a cultura da empresa, assim como implementar capacitações e treinamentos, ou outras ações que ajudem a desenvolver as capacidades dos talentos da organização.

Então, se você é um líder em busca de técnicas para ajudar a entender o empenho atual do seu quadro de funcionários e identificar pontos que precisam ser melhorados, vale a pena conferir a seguir todas as informações essenciais sobre a avaliação 180º e a melhor maneira de aplicá-la. 

Aproveite o aprendizado, boa leitura!

banner frequência de funcionários

O que é avaliação 180º?

A avaliação 180º é um dos modelos de avaliação de desempenho mais usados pelas empresas. Nela, o colaborador recebe um feedback com informações sobre o seu desempenho, baseado em uma análise realizada pelo seu gestor, e pela autoavaliação.

Esse é um estilo de avaliação simples e bastante útil, que permite que o líder ofereça orientações, cobre metas e reconheça os pontos fortes de cada profissional avaliado, permitindo uma análise eficiente dos profissionais.

Conceito

O conceito da avaliação 180º se baseia em uma análise que acontece de igual para igual, ou seja, o líder avalia cada colaborador, de maneira individual, e também propõe que cada profissional se auto avalie.

Essa abordagem ajuda o gestor a avaliar o desempenho e o comportamento de suas equipes, e torna a comunicação e a cultura organizacional mais positiva e focada em desenvolvimento.

Para que serve a avaliação 180º?

imagem de uma pessoa escrevendo em uma prancheta

Independentemente do tamanho do seu negócio, é importante saber que toda empresa deve construir um excelente relacionamento com seus colaboradores. É assim que os negócios conseguem criar um ambiente de trabalho mais organizado, engajado e produtivo.

A avaliação 180º serve principalmente para identificar pontos de melhoria, tanto para direcionar os colaboradores com mais estratégia, como para promover uma empresa mais assertiva em seus processos.

Essa metodologia serve para:

Avaliar desempenho de equipe

As informações analisadas a partir da avaliação 180º darão uma perspectiva geral dos resultados gerados pela equipe, permitindo entender com mais precisão o nível de desempenho dos profissionais, e a eficiência de cada colaborador de maneira mais individualizada.

Medir comportamento

Essa avaliação também permite que os gestores identifiquem o quanto seus colaboradores estão engajados. Além disso, permite entender como anda o entrosamento entre as equipes, e o nível de comprometimento de cada profissional.

Buscar melhorias

A avaliação 180º é, sem dúvidas, um formato de análise que ajuda tanto os líderes como os funcionários a detectar pontos de melhoria, tanto em processos, como no desempenho de habilidades na empresa. Essa avaliação é muito importante, pois fortalece as estratégias de melhoria dos negócios, tornando os processos de produção mais assertivos.

Quando uma avaliação 180º deve ser aplicada?

Muitas empresas cometem o erro de só aplicar avaliações de desempenho, como a 180º, em momentos de crise no relacionamento com os colaboradores, tanto de maneira individualizada, como para alinhar e estimular equipes.

No entanto, esse tipo de avaliação deve fazer parte do cotidiano avaliativo das equipes, pois pode ser útil para identificar necessidades em muitos momentos, inclusive quando a empresa vai bem, e aparentemente não precisa de melhorias. 

Atualmente, é muito comum que as organizações definam um período para realizar suas avaliações de desempenho. Normalmente, esse processo é adotado uma ou duas vezes ao ano, dependendo das necessidades do negócio.

É comum que a avaliação 180º seja realizada por trimestre, semestre ou de maneira anual.

Quais as vantagens da avaliação 180º?

A avaliação 180º, diferente de uma análise tradicional, dá oportunidade tanto do líder, quanto do profissional se avaliar, e isso se torna muito benéfico para a organização, que cria um vínculo de comunicação muito mais próximo com seus profissionais.

Além disso, essa avaliação gera diversos outros benefícios, que não atendem apenas às necessidades e resultados da organização, já que, por meio dos feedbacks que essa análise proporciona, os profissionais podem se tornar mais proativos, engajados e assertivos no cumprimento de suas atividades.

Alguns dos pontos positivos mais reconhecidos ao aplicar esse método são: 

Melhora no processo de feedback 

Em primeiro lugar, a comunicação aberta facilitada pela avaliação 180° permite que os funcionários recebam um feedback mais objetivo, equilibrado e com metas de desempenho claras. 

Além disso, ao contrário do feedback tradicional, a dinâmica do processo da avaliação 180º permite que os profissionais discutam os problemas que estão enfrentando e também deem feedback sobre o desempenho de seus gestores. 

Esses dois pontos fazem com que um funcionário se sinta valorizado e ouvido, melhorando ainda mais o retorno com as informações coletadas.  

Aumento da produtividade

Imagine que você trabalhou em um ambiente onde não tinha ideia de como estava se saindo. Nesse ambiente você simplesmente completou tarefas, sem entender em que você era bom ou onde precisava melhorar.

A falta de feedbacks direcionados é uma queixa de muitos trabalhadores, e o aumento da produtividade de muitos profissionais está diretamente ligado ao retorno sobre seus resultados.

Com a avaliação 180º, as empresas conseguem transformar a comunicação com seus colaboradores, pois, por meio dos feedbacks que tal análise permite, consegue direcionar melhor os profissionais para o sucesso na realização de suas tarefas, e isso reflete diretamente no aumento da produtividade de toda a empresa.

Maior engajamento interno

Avaliar o engajamento interno é muito importante para as empresas, pois, essa métrica permite que os negócios entendam o que motiva seus colaboradores, assim como quais ações no ambiente de trabalho prejudicam o desempenho das tarefas. 

Além disso, com o resultado de uma avaliação 180º, as empresas conseguem direcionar melhor seus recursos, para atender as necessidades de treinamentos, equipamentos, e outros investimentos que sejam importantes para melhorar o desempenho dos profissionais.

Essas informações potencializam o engajamento interno, pois, ajudam as empresas a transformar seus ambientes em estruturas que se importam não só com os resultados, mas também com as necessidades dos funcionários.

Como fazer a avaliação 180º?

imagem de uma mulher sentada olhando para um computador

Agora que você já consegue entender o potencial que uma avaliação 180º pode trazer para o crescimento da sua equipe, chegou a hora de aprender a implementar essa estratégia.  

Para que a técnica seja bem aplicada, é essencial que os líderes façam parte da rotina dos colaboradores e entendam seu comportamento e desempenho profissional. Para isso, algumas etapas precisam ser consideradas. Confira a seguir:

Como funciona

Ao implementar a avaliação 180° é fundamental obter um mapeamento organizacional, para assim conseguir entender como as equipes são compostas, quais são as hierarquias internas, funções, e todas as áreas que interferem na cadeia de trabalho do negócio.

Lembre-se, as metas devem ser pré-estabelecidas, para facilitar a mensuração dos resultados e a compreensão do colaborador sobre seus aspectos fortes e fracos. Nesse sentido, são avaliados pontos como: 

  • Qualidade das entregas;
  • Produtividade;
  • Comprometimento;
  • Relação com o ambiente de trabalho;
  • Trabalho em equipe;
  • Dentre outras características.

Prepare a equipe

A avaliação 180° é realizada por meio da aplicação de um formulário voltado para mensurar o desempenho dos profissionais, por isso, o primeiro passo para realizar uma análise de qualidade, é informar e preparar a equipe, para que ninguém se surpreenda na hora de realizar tal avaliação. 

É essencial que o líder instrua os colaboradores sobre como preencher a avaliação, tirando todas as dúvidas dos profissionais, para nada atrapalhar o andamento da estratégia.

Acompanhe o processo

A ideia da avaliação é evitar o julgamento e analisar pontos de melhoria, por isso, mesmo com a orientação, é fundamental acompanhar todo o processo para que equívocos e questões fora de contexto sejam evitadas.

Forneça e extraia feedbacks

Após as respostas coletadas a partir dos formulários, deve ser realizada uma análise geral e pessoal para que o retorno seja feito de maneira construtiva para cada colaborador. Essa é uma etapa crucial do método de avaliação 180°: o feedback. 

Um feedback tem o poder de potencializar resultados de maneira positiva, e no processo de análise de desempenho, fornecer e extrair as informações mais importantes obtidas ao longo do processo é essencial para a construção de novos planejamentos e mudanças. 

Analise tudo que foi relatado

Todas as informações relatadas nas avaliações são valiosas para entender cada cenário na organização. 

Essas perspectivas demonstradas por meio das respostas anotadas, apontam os principais aspectos que precisam ser melhorados, com táticas que auxiliem as equipes a atingirem seu potencial individual e coletivo. 

Isso permite que numa próxima avaliação, as informações relatadas sejam mais alinhadas com as necessidades da empresa, melhorando o ambiente de trabalho e também a cultura da organização.

Qual o papel do RH na avaliação 180º?

Primeiro, é importante que o departamento que cuida da gestão de pessoas — papel empenhado pelo RH — transmita os valores e a relevância da avaliação 180º para os funcionários, pois assim o método será aplicado com mais eficiência, e terá resultados de mais relevância.

O RH deve saber avaliar o melhor momento para a aplicação da avaliação 180º, afinal, essa abordagem tem o intuito de impulsionar melhorias, estimular profissionais, identificar forças e fraquezas e criar uma cultura de feedback potente e importante no negócio.

O grande desafio que o RH pode enfrentar, está ligado à cultura da empresa. Isso porque, se, em um certo momento, um negócio que não era acostumado a dar e colher feedbacks, resolve adotar essa estratégia, tal mudança pode ser recebida com estranheza pelos colaboradores, sendo papel do RH demonstrar que a avaliação 180º é benéfica para todos.

Qual a diferença entre a avaliação 180 e 360 graus?

imagem de duas mulheres olhando para um papel

Assim como a avaliação 180 graus, a 360° também é conhecida como uma ferramenta de análise de desempenho e autodesenvolvimento, extremamente útil no desenvolvimento das empresas.

A principal diferença entre as duas é: enquanto na avaliação 180º ocorre a autoavaliação e a avaliação dada pelo gestor da equipe, na avaliação 360º, além do profissional se autoavaliar, ele também é avaliado por seus colegas de trabalho, gestor e até clientes, ou seja, uma avaliação vinda de todos os níveis de relacionamento.

A dinâmica que a empresa adota em suas atividades é o principal fator para um gestor determinar qual o melhor modelo de avaliação para seus funcionários, e essa avaliação pode variar entre modelos de 90, 180 ou 360 graus.

Conclusão

Durante o conteúdo foi possível entender que a avaliação 180° é realizada com o intuito de entender o desenvolvimento das equipes e dos colaboradores da organização, é vista como uma abordagem de melhoria contínua conquista por meio do resultado dessa avaliação.

Quando implementada, a avaliação 180º deve ser vista não só como uma ferramenta de análise, mas também como uma estratégia motivacional, que pode melhorar o desempenho individual de cada profissional na equipe avaliada, observando os resultados de cada colaborador de maneira individualizada.

Vale ressaltar, no entanto, que uma avaliação analisada individualmente, pode, ao invés de transformar um ambiente de trabalho positivamente, criar uma cultura de perseguição, ou desestimular os profissionais, por isso, é fundamental que a pessoa avalia os resultados da avaliação 180º, saiba transformar os resultados em dados relevantes para a empresa e seus colaboradores.

Toda avaliação deve ser observada como insight, para que melhorias sejam implementadas, por isso, é fundamental que o RH saiba utilizar a avaliação 180º como uma ferramenta positiva, usada detectar as forças e fraquezas dos profissionais e da empresa, e assim criar soluções inteligentes para ambos atuarem em alta performance.

E aí, seu negócio já aplica a avaliação 180º no dia a dia? Conhecia essa estratégia? Se gostou do conteúdo, não esqueça de compartilhar nas redes sociais e continuar acompanhando o blog do PontoTel

software controle de ponto reduz processos operacionais
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima